Alair Corrêa comenta condenação por improbidade

Lançando mão de seu já conhecido estilo de rebater informações que contrariam seu próprio interesse, o prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa, publicou no Facebook declaração sobre o julgamento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que o condenou por improbidade administrativa.

A decisão do STJ, por unanimidade, repercutiu em diversos veículos do comunicação do país e, claro, tem sido motivo de comentários nas principais rodas de política da cidade. Além da condenação como protagonista das diferentes reações na cidade, a grande questão – razão de múltiplas manifestações nada cordiais, inclusive por parte de prefeito – são os efeitos políticos da decisão do STJ. 

Quanto à questão política, o prefeito foi taxativo: “já estou mais do que vacinado em relação a essas falsas notícias. Minha vida, nesses 50 anos de política, sempre foi de permanente luta contra os meus algozes que, algumas vezes, conseguem que algum jornal dê ênfase as suas mentiras”. Esses alguns jornais são O Globo, Extra, O Dia e outras páginas de internet de alcance nacional que deram visibilidade ao assunto. 

Em relação ao processo, Alair Corrêa transparece tranquilidade, anuncia que recorrerá da decisão junto ao STF e trabalha com a previsão de nova condenação: “o processo que acaba de ser notícia é de 1998, quando um secretário contratou uma kombi sem licitação e também colocou uma placa alusiva a obras que executamos em 1998, levando a justiça de Cabo Frio a multar-me e agora o supremo confirmar a multa que ainda continuaremos recorrendo e se perdemos, pagaremos”.


Já pensando no futuro político, Alair Corrêa fala da cogitação de não ser candidato à reeleição e “pinçar” um nome para a disputa do pleito em 2016. No entanto, ainda de acordo com a publicação feita na rede social, o prefeito diz que fica “mais estimulado a continuar disputando contra eles e os derrotando, como fiz na última eleição!”. 

O tom da nota do prefeito, como se percebe, é de caráter exclusiva e excessivamente político, o que é rotina em Cabo Frio. Toda questão de natureza jurídica é consumida e propalada com contornos essencialmente políticos, num exercício vicioso de estabelecer polos para uma disputa eleitoral que se avizinha. 

Sem alternativas e sem representações robustas no cenário político-eleitoral, o cidadão se vê diante do “mais do mesmo”, sendo que a alternância de poder só se viabiliza a partir da garantia de manutenção do modelo de gestão, ou seja, não importa o nome “capital” do Executivo, o que não pode mudar é a “forma” de condução da cidade, gêmea desde 1997.

Alair Corrêa comenta condenação por improbidade Alair Corrêa comenta condenação por improbidade Reviewed by Alessandro Teixeira on 21.2.15 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.