Fazer de qualquer jeito para fazer sempre

Lugar comum em Cabo Frio é a inauguração de obras – ou reinauguração de espaços – que, apesar de questionável e vultosa quantia de dinheiro usada, não resistem a dois, três meses. É o caso do Gamboa Shopping, “entregue” à população e aos comerciantes da famosa “Rua dos Biquínis” em dezembro último.

Dois meses e muita grana depois, já circulam nas redes sociais imagens dando conta de vazamento de esgoto, o que compromete bastante o comércio no local e gera questionamento junto à opinião pública. Afinal, com investimento público na ordem de R$ 2 milhões não foi possível fazer uma obra decente? 

Outra obra pública que certamente passará por reforma antes da inauguração é a Avenida Joaquim Nogueira, no bairro São Cristóvão. Boa parte da ciclovia e das calçadas já apresenta rachaduras e em pouquíssimo tempo será a causa de acidentes tanto para pedestres quanto para ciclistas.


Ao que parece, falta zelo com a utilização dos recursos públicos e esse “descuido” vai além das fronteiras do atual governo. Isso também é tratado, infelizmente, como “cultura administrativa”, ou seja, fazer de qualquer jeito é expediente para fazer sempre.


Fazer de qualquer jeito para fazer sempre Fazer de qualquer jeito para fazer sempre Reviewed by Alessandro Teixeira on 19.2.15 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.