CPI está na moda... mas em Cabo Frio não passa de marola

A mídia local tem divulgado durante a semana a instalação de três Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI) com e motivações autores diferentes: 

1. PETROBRAS NA ALÇA DE MIRA

No Estado do Rio de Janeiro temos a participação do deputado Janio Mendes em comissão que irá investigar as perdas econômicas e sociais que sofreu o Estado nos últimos dez anos por influência da má gestão da Petrobras. 

Janio Mendes tem conseguido atrair os holofotes por suas ações contundentes e intransigentes em defesa dos interesses do cidadão fluminense. Tem sido assim, por exemplo, com o aviltante reajusta da conta de energia elétrica.

O deputado conseguiu assento em importantes comissões na Assembleia Legislativa e, por certo, suas ações se tornarão ainda mais frutíferas e visíveis.


2. “DEU RUIM” NOS BOLETINS

Em Búzios devermos ter a CPI, capitaneada pelos vereadores Felipe Lopes e Gugu de Nair, que já conseguiram atrair a atenção da vereadora Joice Costa, que também assinou o requerimento. A CPI pretende apurar supostas fraudes nos processos licitatórios do município. É aquela já conhecida proposta da CPI dos “Boletins Oficiais”.


3. MAROLINHA... 

E em Cabo Frio não teremos, pelo visto, nada além de uma marolinha. Divulguei em duas postagens distintas a tentativa do vereador Dr. Taylor Junior, líder da bancada governista, de criar a CPI para apurar possíveis irregularidades na Secretaria de Esportes.

O vereador chegou a garantir que ainda nesta semana todo o procedimento já seria encaminhado para a Secretaria Geral da Câmara e, então, seguiria para o plenário. Nem uma coisa nem outra. Enfim, marola mesmo!

Ficam, no entanto, as dúvidas no ar: ou não existem irregulares praticadas na Secretaria, ou o vereador estava blefando. E esse blefe tem contornos políticos?

O tempo, sempre o tempo, dirá!

CPI está na moda... mas em Cabo Frio não passa de marola CPI está na moda... mas em Cabo Frio não passa de marola Reviewed by Alessandro Teixeira on 19.3.15 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.