Estado quer atrair instalação de indústrias e deixa municípios Região fora da lista dos beneficiados

O governador Luiz Fernando Pezão enviou em caráter de urgência para a Alerj projeto de lei que prevê o incentivo para a instalação de indústrias em 45 municípios do Estado e seis distritos industriais. Segundo o texto do projeto, o governo ‘cria condições favoráveis no tratamento tributário’, medida que pode elevar a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) em R$ 200 milhões ao ano.

A lista com todos os municípios mencionados no projeto de lei traz apenas a cidade de Saquarema (Região dos Lagos) como beneficiária da proposta. Aliás, não há estranheza alguma quanto a isso se considerarmos a força política do deputado licenciado Paulo Mello (PMDB), que deixou a Alerj para assumir a Secretaria de Estado de Governo.

Paulo Mello goza de muito prestígio e tem força política para atrair investimentos para Saquarema, cidade que tem recebido ações de outras instâncias do governo exatamente por contar com um “porta-voz” de peso e bem articulado.

Quanto aos demais municípios da Região, incluindo Cabo Frio, berço do deputado Janio Mendes, aliado incondicional do governador e da cúpula do Estado, resta ficar de “pires na mão” aguardando o depósito de “favores” do Estado.

Encaminharei o assunto ao deputado Janio que, costumeiramente tem nos atendido. E, como o texto ainda passará pelo crivo dos deputados e Janio é o vice-líder do governo da Assembleia, por que não apresentar emendas e inserir outros municípios e outras culturas industriais ao projeto?

O Estado precisa conferir tratamento isonômico a todos os municípios, independente das cores partidárias e dos interesses políticos representados nas relações entre os governos.


Estado quer atrair instalação de indústrias e deixa municípios Região fora da lista dos beneficiados Estado quer atrair instalação de indústrias e deixa municípios Região fora da lista dos beneficiados Reviewed by Alessandro Teixeira on 14.3.15 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.