Leitor reclama de atuação da Guarda Municipal; Renato Vianna responde

Recebi em minha conta no Facebook a participação do internauta Raul Souza, morador do bairro Guarani, em Cabo Frio, com o questionamento que publico a seguir:

“Alguém sabe dizer se existe algum estacionamento perto de colégios no centro de nossa cidade ou até mesmo da Universidade Estácio de Sá? Principalmente nos horários das 17:00 e 18:30? É que existem ordens expressas para multar veículos de pais de alunos na hora da saída. Será que os alunos têm que pegar o carro em movimento? Cadê o bom senso? A Guarda manda seu efetivo nesse horário para que o município arrecade um pouco mais. Já na Estácio, os alunos têm que ir de jegue, pois o efetivo trabalha também na noite. E haja bloquinho!!!! Multar eles querem, mas onde está nosso direito? Cadê a prevenção? Onde estão as placas de sinalização, semáforos sem condições de uso. Dizer que os royalties caíram e por isso querem arrecadar nas costas dos cidadãos!

O povo não e bobo para sempre!”.


Esse tema já foi objeto de análise aqui no blog (clique aqui para ler) e continua sendo motivo de desentendimentos entre o cidadão “comum” e o poder público que, de fato, parece ter se dedicado a “arrochar” para “engordar os cofres”. 

Por outro lado, se a Guarda Municipal deixa correr solto e faz vistas grossas, a outra maior parcela da sociedade reclamará da falta de ordem, da falta de espaços nas calçadas. Enfim, de uma forma ou de outra, todos terão um motivo para reclamar.

Assim, buscar o equilíbrio entre a ação da administração pública e os anseios da sociedade é de fundamental importância para o nosso desenvolvimento.

Já o secretário de Ordem Pública, Renato Vianna, disse, em conversa via WhatsApp, que “os guardas municipais foram orientados a coordenar o trânsito nas horas de maior volume de veículos nas escolas e só multar quando acontecerem os abusos”. O secretário frisou ainda que “na faculdade não pode estacionar em cima das calçadas” e garantiu que a ações acontecem “porque os moradores do local estão reclamando”.

Renato Vianna fez questão de qualificar o que considera abuso no trânsito: “estacionar em passeio público, em locais proibidos e indicados por placas, em vagas exclusivas para idosos e deficientes físicos”. 

O secretário parece bastante determinado no sentido de promover o “choque de ordem” na cidade e isso é até bom. No entanto, mesmo que haja a premência da elevação da arrecadação, o bom senso é indispensável para todas as partes envolvidas nas operações que promovam a Ordem Pública.


Leitor reclama de atuação da Guarda Municipal; Renato Vianna responde Leitor reclama de atuação da Guarda Municipal; Renato Vianna responde Reviewed by Alessandro Teixeira on 23.3.15 Rating: 5

2 comentários:

  1. O que tem de carros estacionados em cima das calçadas no entorno dessa faculdade citada........ A Avenida Teixeira e Souza depois da secretaria da melhor idade, para se andar em cima das calçadas é um caso sério.

    Ai, se tivesse um transporte público digno , ninguém teria problema em estacionar carros., para ir para Universidade. Deixaria o carro em casa e pegaria um ônibus.

    ResponderExcluir
  2. O que tem de carros estacionados em cima das calçadas no entorno dessa faculdade citada........ A Avenida Teixeira e Souza depois da secretaria da melhor idade, para se andar em cima das calçadas é um caso sério.

    Ai, se tivesse um transporte público digno , ninguém teria problema em estacionar carros., para ir para Universidade. Deixaria o carro em casa e pegaria um ônibus.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.