Absurdo: Jardim Esperança continua sem pediatras

Sexta-feira, dia 24 de abril, 20h27. Essas foram a data e a hora em que acessei a recepção do Hospital Geral do Jardim Esperança para apurar, outra vez, se os moradores da grande Jardim Esperança já podem contar com atendimento pediátrico.

E, como já sabia – até porque confio nas minhas fontes, que são cidadãos cansados do descaso do governo municipal – não há um pediatra sequer para atender os moradores e o problema se arrasta desde o último plantão, quando a médica, segundo relatos de funcionários, pediu demissão.

Essa porta de vidro é a recepção da emergência pediátrica do Hospital Geral do 
Jardim Esperança. Como pode ser visto, está fechada.
A situação é ainda mais grave quando perguntado se há alguma outra alternativa de atendimento. As recepcionistas, sem saber que estavam sendo gravadas, foram enfáticas: só na UPA! Pergunto, então, se algum veículo (ambulância) levaria a criança até o pronto atendimento. Mais uma vez, a resposta foi objetiva: não!

Cadeiras são utilizadas para travar a porta e impedir o acesso de pacientes. 
Isso porque faltam pediatras no Hospital Geral do Jardim Esperança.
Insistindo, pergunto se, no caso de falta de pediatras, se um clínico geral plantonista poderia atender os casos de emergência. Mais uma vez, infelizmente, a resposta foi negativa. 

Ouça a gravação feita na recepção do Hospital Geral do Jardim Esperança:


COMENTÁRIO

Não sou e nunca fui de colocar em dúvida as informações que recebo pelo meu WhatsApp, publicamente divulgado. Acredito piamente que um pai de família, uma vez desesperado, não desperdiçaria seu tempo para escrever mensagem dando conta da agonia pela qual passa a sua família.

Não brinco com a dor alheia!

No entanto, um determinado pastor bajulador e “homem de deus” recomendou que eu tirasse o meu “traseiro” do sofá e fosse apurar os fatos. Pois bem! Fatos outra vez apurados. E gravados! Fotografados!

[um homem de conduta tão ilibada deveria ser senhor de suas palavras, no mínimo. Quanto ao evangelho que ele defende, tenho lá minhas dúvidas. Mas são minhas, só minhas. E sou bastante egoísta ao ponto de não compartilhá-las. rs]

O problema é, de fato, do governo. Fingem administrar e brincam com a saúde de nossa gente. Como pode um hospital da importância do Jardim Esperança não disponibilizar serviço emergencial de pediatria? Que dignidade é essa?

Ora vejam só! Reconhecer que há problemas pontuais no Hospital e que os sucessivos pedidos de demissão comprometem o bom funcionamento da unidade é uma coisa. Agora, querer esconder o problema e transportá-lo para uma terceira pessoa sob a alegação de que a denúncia partira de alguém da “oposição” é coisa de irresponsável, mesmo que essa irresponsabilidade seja praticada por uma pessoa “santa” e defensora de seus interesses.

Se pudesse sugerir algo ao prefeito Alair Corrêa – se é que ele aceita sugestões! -, recomendaria que escolhesse melhor seus “orientadores”, sejam eles espirituais ou não.

A gravação e a imagem não precisavam ser feitas se o “homem de deus” não usasse as redes sociais para, em nome de uma bajulação circunstancial, não colocasse interrogações sobre declarações de pessoas que sofrem e que, não tendo alternativas e soluções, recorrem ao meu blog para denunciar os desmandos aqui praticados.


Absurdo: Jardim Esperança continua sem pediatras Absurdo: Jardim Esperança continua sem pediatras Reviewed by Alessandro Teixeira on 24.4.15 Rating: 5

Um comentário:

  1. Engraçado Alessandro que o prefeito na época das eleições, disse que iria ser o sindíco da cidade de Cabo Frio e que combateria as irregularidades. Está aí a prova que nossa saúde está sendo deixada para trás.....

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.