Judoca cabo-friense conquista medalha inédita no Brasileiro Regional da CBJ

Foi realizado no Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas (BA), nos dias 17 e 18 de abril, o Campeonato Brasileiro Regional da III Região, promovido pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ). No total, foram 432 inscrições. Criados pela atual gestão da CBJ, os Campeonatos Brasileiros Regionais são classificatórios para os campeonatos nacionais – os “Brasileirões” – das classes sub13, sub15, sub18, sub21 e sênior. O Rio de Janeiro, há mais de 10, anos é absoluto em sua região.


Marcos Vinícius Costa, morador de Cabo Frio, conquistou a medalha de bronze em sua categoria, ajudando a equipe do Rio de Janeiro a ficar com o primeiro lugar geral na competição. A medalha de Marcos Vinícius é inédita para a cidade em um evento oficial organizado pela CBJ.

A equipe LIJUCR/LCJ, que conta com atletas cabo-frienses e iguaçuanos, teve cinco participantes. Todos obtiveram medalhas. Além do bronze de Marcos, foram mais três ouros e uma prata.

– Foi um resultado muito gratificante, apesar de termos ido de van, levando 36 horas para chegar ao destino; conseguirmos estes resultados; e ainda mais 30 horas para voltar. Gostaria aqui de agradecer a todos que confiaram e acreditam de alguma forma ajudando e contribuindo para que nosso atleta fosse a esta competição e com certeza não será a primeira nem a última: o ano promete – afirmou o professor Bruno Rodrigues, coordenador técnico da Liga Cabofriense de Judô.

A LCJ também obteve destaque com o shiran Wilian Muniz, árbitro internacional que foi coordenador de arbitragem deste brasileiro. Willian Muniz é morador do bairro Beira Rio, no Distrito de Tamoios e diretor técnico da Liga Cabofriense de Judô.

Na classificação geral, o Rio de Janeiro contou com 120 inscrições, obtendo no geral 99 medalhas – sendo 39 de ouro, 27 de prata e 33 de bronze – seguido por Minas Gerais, com 67 medalhas: 20 de ouro. E em terceiro lugar, o Espírito Santo, com 57 medalhas, à frente da Bahia, com 54 medalhas.

LCJ disputa competição na Baixada Fluminense

Enquanto os senseis (mestres) Bruno e Jiló estavam na Bahia, acompanhando a seleção do Rio de Janeiro, a equipe da Liga Cabofriense de Judô/Projeto “Judocas de Futuro” participou, no domingo (19), da abertura do Campeonato Regional da Baixada Fluminense, em Queimados. A competição, organizada pela Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro, foi classificatória para o Inter-Regional da FJERJ.

A LCJ participou da etapa do Campeonato Regional da Baixada com 21 atletas, conquistando 18 medalhas, sendo 10 de ouro, cinco de prata e três de bronze.

Os medalhistas foram: Matheus Lopes, Roger Veríssimo, Arlindo Neto, Nayra Albernaz, Thamires Silva, Ana Albernaz, Marcos Alves, Miguel Souza, Daividson Barros, Ranielly Sampaio (ouro); Brenno Santos, Gabriel Nogueira, Guilherme Silva, Gabrielly Lopes, Vitor Almeida (prata); Roberto Gonçalves, Thiago Gonçalves e Yasmim Barros (bronze). Completaram a equipe: Robert Sampaio, Amanda Lima e Henry Freitas.

Mês de maio será movimentado para os judocas cabofrienses

A preparação dos atletas da equipe da LCJ/Judocas de Futuro continua, já que o mês de maio será movimentado, com vários eventos. No dia 3 de maio, será realizado o campeonato municipal de judô na Associação Atlética Cabofriense. O campeonato carioca da FJERJ tem etapas nos dias 9 e 16; e a segunda etapa do campeonato fluminense no dia 17 de maio.

– Não tenho muito o que falar. Costumo mostrar meu trabalho e os resultados estão aí. Contra tudo e contra todos, caímos e logo em seguida nos levantamos e partimos para outra. Contamos com sua colaboração a esses atletas da nossa cidade – afirma Bruno Rodrigues.

Para quem estiver interessado em colaborar com o projeto “Judocas de Futuro”, que é de cunho socioesportivo e alcança muitos atletas que não têm condições de arcar com quimonos e suas inscrições nas competições estaduais, a LCJ desenvolveu a campanha “Adote Um Atleta”.

– Todo mundo pode colaborar ou investir no projeto. Os cofrinhos da nossa campanha estão em várias lojas da cidade que são parceiras do projeto. Basta o interessado depositar qualquer quantia em dinheiro. Tudo que for arrecadado será destinado para compra de quimonos oficiais; pagamento de taxa dos mais carentes e que não possuem patrocínios; pagamento do transporte dos atletas para as competições; e para ajudar quando tivermos um atleta em competições nacionais – explicou Bruno.

Os treinos da equipe são abertos ao público, às segundas, quartas e sextas-feiras, das 19h30 às 22h, no ginásio da APAE, em São Cristóvão. Quem preferir, pode comparecer pessoalmente, conhecer o projeto e adotar um atleta para a temporada de 2015.

O projeto está também com uma fanpage no Facebook (fb.com/ligacabofriensedejudo); com o e-mail lcj.judocasdefuturo@hotmail.com e com um canal no Youtube: LCJ – PROJETO JUDOCAS DE FUTURO e do Campeonato Municipal de Judô de 2014: MUNICIPAL DE JUDÔ LCJ.

– Você pode ainda contribuir na nossa divulgação, no “boca a boca” para podermos cada vez mais oportunizar a prática de esportes a nossas crianças, o futuro da nação. “O esporte é o único no mundo capaz de mudar culturas e transformar deficiência em habilidade” – finaliza Bruno Rodrigues.

Judoca cabo-friense conquista medalha inédita no Brasileiro Regional da CBJ Judoca cabo-friense conquista medalha inédita no Brasileiro Regional da CBJ Reviewed by Alessandro Teixeira on 22.4.15 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.