Sindicato entrará com mandado de segurança para receber dinheiro descontado de servidor

Absurdos como descontar contribuição sindical e não repassar para o respectivo sindicato ainda acontecem em cidades como Cabo Frio, independente do conceito de “crise”, amplamente divulgado pelo Executivo.

Há um mês (clique aqui para ler), divulguei que o Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (SEPE) estava tentando receber da Prefeitura valores já descontados no contracheque do servidor desde novembro de 2014, o que equivale, segundo Denise Teixeira, coordenadora do SEPE, a pouco mais de R$ 100 mil.

Como a Prefeitura não se manifestou, o sindicato anuncia que na próxima segunda-feira, dia 6, entrará com mandado de segurança para que o valor, por força de decisão judicial, seja repassado para que, então, o Sepe consiga honrar seus compromissos.

Ainda que a Prefeitura direcione todos os holofotes para a “crise” – não tem o mesmo zelo na divulgação de todos os números, por exemplo – nada justifica reter um dinheiro que não é seu. A Prefeitura comete um crime ao não repassar os valores ao Sindicato e, se me fosse possível sugerir, recomendaria que ações mais agudas na esfera do judiciário fossem empreendidas.


Sindicato entrará com mandado de segurança para receber dinheiro descontado de servidor Sindicato entrará com mandado de segurança para receber dinheiro descontado de servidor Reviewed by Alessandro Teixeira on 4.4.15 Rating: 5

Um comentário:

  1. Ué, isto é que é DIGNIDADE. Qualquer inteligente sabe, que uma das formas de acabar com o poder do crítico, principalmente, se for contra o seu desmando é "abafando-o" financeiramente. Se chama: abuso de poder e apropriação indevida, que no Código Civil é crime.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.