Cabo Frio na UTI. Saúde no caos!

É grande a repercussão da decisão de prefeito em acumular a função de secretário de Saúde de Cabo Frio. E, além de autoridades políticas, lideranças sindicais começam a se manifestar e demonstrar preocupação com os rumos que a pasta poderá ter a partir das ações a serem empreendidas por Alair Corrêa.

Olney Vianna, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINDICAF) e conselheiro de Saúde de Cabo Frio, diz que “o fato do prefeito se autointitular como o novo secretário municipal de Saúde acende a luz vermelha do atual governo e passa à população uma sensação de intranquilidade geral” e que vai “bradar contra mais esta atitude do alcaide cabo-friense que, num rompante que lhe é peculiar, se propõe a comandar e administrar sem a mínima qualificação exigida para o cargo aquela que é a mais importante secretaria do município”.

Leia o texto na íntegra:

“A situação é mais complicada do que imaginamos. Brincadeiras e risadas à parte, é preocupante a situação da saúde em Cabo Frio. O fato do prefeito se autointitular como o novo secretário municipal de Saúde acende a luz vermelha do atual governo e passa à população uma sensação de intranquilidade geral. Afinal, depois de ocupada por profissionais, vem agora a ser comandada pelo próprio prefeito numa clara demonstração de que a nau perdeu o rumo. 

Não torço pelo caos, pelo contrário, critico e contesto o caos a que chegou a saúde pública, na esperança de que as mentes "privilegiadas" do atual governo saíssem de suas luxuosas acomodações e apontassem também soluções para tal dilacerante problema.

Minha parte enquanto cidadão cabo-friense tentei e tento fazer quando busco o apoio do Ministério Público em questões pontuais como a do Centro Municipal de Reabilitação (infelizmente ainda sem funcionar) e do próprio Conselho Municipal de Saúde.

Enquanto Conselheiro Titular, atuo cobrando abertura do novo ESF do Jacaré, nova Equipe de Família do ESF do Guarani, melhores condições de funcionalidade dos ESFs da Vila do Sol, Pacheco, Aquárius e outros, além de condições estruturais e humanas para o pleno funcionamento dos Hospitais de Tamoios, do Jardim Esperança, da Mulher e da Criança. Cobranças essas também infelizmente sem os resultados esperados. 

Mas o importante é que estou fazendo a minha parte sem partidarizar minhas atitudes. E agora mais do que nunca tenho que assumir minha posição de sindicalista, conselheiro de saúde e cidadão para me posicionar e bradar contra mais esta atitude do alcaide cabo-friense que, num rompante que lhe é peculiar, se propõe a comandar e administrar sem a mínima qualificação exigida para o cargo aquela que, na minha concepção, é a mais importante secretaria do município, onde seus profissionais cuidam, acima de tudo, de preventivamente tratar e primordialmente salvar a vida de nossa população. 

O meu medo é que com tanta imprudência e irresponsabilidade no trato da coisa pública pelo governo atual acabe se concretizando a profecia do amigo Cláudio Leitão ("A Saúde em Cabo Frio já elegeu muita gente, já enriqueceu muita gente e pelo 'andar da carruagem', o próximo passo, infelizmente, é matar muita gente!"), o que desde já me deixa apavorado”.

Olney Vianna é sindicalista e conselheiro de Saúde de Cabo Frio.


Cabo Frio na UTI. Saúde no caos! Cabo Frio na UTI. Saúde no caos! Reviewed by Alessandro Teixeira on 13.5.15 Rating: 5

7 comentários:

  1. A única coisa que presta neste texto e que não é dele e sim de Cláudio Leitão, e mais do que sabido por poucos em Cabo Frio: "A saúde em Cabo Frio já elegeu muita gente, já enriqueceu muita gente, e pelo andar da carruagem, o próximo passo, infelizmente, é matar muita gente", por poucos que sofrem com todos que mantém a vinte anos essa gente brincando com as pessoas de cabo frio!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa atitude já é se preparando para as próximas eleições, pois o prefeito está muito mal na fita e do jeito que está ele não se reelege e muito menos coloca alguém do seu grupo na " cadeira" da Prefeitura.

      Excluir
  2. Anônimo do dia 13 de maio das 17:42 , caso o prefeito seja reeleito, quem precisa de "intervenção" é a população da cidade.
    Mas não duvido nada. Do jeito, que se contentam com pouco e gostam de se afundar no raso. não vai me surpreender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade Julio, é um bando de " morta fome" e que só sobrevive na teta dos políticos. Por isso são humilhados a todo momento, mas como não sabem fazer nada produtivo, tem que abaixar a cabeça.

      Excluir
    2. Verdade Anônimo.
      Povinho gosta de 0800 e ainda pede nota fiscal. Aceita tudo caladinho con medo de perder as " migalhas " oferecidas. Só vive choramingando pelos cantos.

      Excluir
  3. Anônimo do dia 13 de maio das 17:42 , caso o prefeito seja reeleito, quem precisa de "intervenção" é a população da cidade.
    Mas não duvido nada. Do jeito, que se contentam com pouco e gostam de se afundar no raso. não vai me surpreender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Anônimo.
      Povinho gosta de 0800 e ainda pede nota fiscal. Aceita tudo caladinho con medo de perder as " migalhas " oferecidas. Só vive choramingando pelos cantos.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.