Prefeito descumpre a lei e sindicatos farão assembleia para cobrar reajuste salarial

O prefeito Alair Corrêa prometeu, ao anunciar o calendário de pagamentos, que ira elaborar um estudo sobre a reposição salarial referente ao mês de abril e que a previsão de depósito da diferença do valor já atualizado dos proventos dos servidores efetivos era o período compreendido entre os dias 10 e 15 de maio, o que não aconteceu.

Ao não reajustar o salário dos servidores, a Prefeitura não cumpriu o que determina o artigo 47, parágrafo 2º, da Lei Complementar 11/2012, a lei que instituiu o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), que estabelece abril como mês de data-base de reposição salarial.

Na última segunda-feira, dia 11, os servidores paralisaram suas atividades e fizeram um ato de protesto em frente à sede da Prefeitura em movimento unificado envolvendo três sindicatos e duas associações representantes dos servidores público municipais. 

- Após este ato, a assessoria de Comunicação da Prefeitura informou na imprensa que a data-base é respeitada pelo Executivo e que faz a reposição salarial dentro da Lei, cumprindo o previsto pelo Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração. No entanto, a resposta do Executivo não condiz com a verdade. Não foi dado nenhum reajuste e a Prefeitura também não cumpre na íntegra o PCCR, comenta Olney Vianna, presidente do SINDICAF.

Por não ter os direitos preservados e diante da falta do pagamento da diferença do valor que corresponderia ao reajuste salarial já no mês de abril, o Movimento Unificado dos Sindicatos e Associações dos servidores convocou uma assembleia para hoje, dia 18, a partir das 18 horas, na Escola Municipal Edilson Duarte.

Prefeito descumpre a lei e sindicatos farão assembleia para cobrar reajuste salarial Prefeito descumpre a lei e sindicatos farão assembleia para cobrar reajuste salarial Reviewed by Alessandro Teixeira on 18.5.15 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.