Servidores invadem a Prefeitura de Cabo Frio

Depois de ato na Praça Tiradentes, em frente à sede da Prefeitura de Cabo Frio, servidores públicos municipais ocuparam o prédio do Executivo municipal para apresentar ao prefeito Alair Corrêa a pauta de reivindicações do movimento unificado das frentes sindicais do município. 


A reposição salarial, que deve acontecer na ordem de 10,48%, de acordo com os índices apurados do IPCA e de 10,7% pelo INPC, os dois institutos oficiais do país, é o principal item da lista de reivindicações dos cinco sindicatos que ocuparam a Prefeitura na tarde desta segunda-feira, dia 11. “O não cumprimento pelo governo municipal da data-base, a sua recusa em negociar e a sua inércia quanto ao índice a ser utilizado são indicadores de um provável congelamento salarial”, diz Olney Vianna, presidente do SINDICAF.

Ainda no final da tarde, os servidores decidiram encaminhar ofício ao prefeito solicitando o agendamento de reunião para tratar do reajuste salarial. Os sindicatos já deixaram programada outra assembleia geral unificada para a próxima segunda-feira, dia 18, às 17h30, na Escola Municipal Edilson Duarte, no bairro Jardim Caiçara.

DENÚNCIA AO MINISTÉRIO PÚBLICO

Ficou decidido, ainda durante a “invasão” do prédio da Prefeitura, que os sindicatos entrarão com uma representação junto ao Ministério Público contra o chefe do Executivo pelo descumprimento das leis que garantem o reajuste salarial e a criação da COMPARP, comissão que irá discutir junto ao Executivo o reajuste salarial.


Esta Comissão deve ser instituída, conforme determinação da lei que instituiu o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), com o objetivo de permitir participação dos servidores no processo de definição do reajuste do piso salarial.

REUNIÃO DOS SERVIDORES DA COMSERCAF

Os funcionários da COMSERCAF têm reunião marcada para a manhã desta terça-feira, dia 12, na Câmara Municipal, onde devem ser atendidos pelo vereador Dr. Taylor Junior, líder da bancada governista no Legislativo. A reunião está prevista para ter início às 9h30 e na pauta está a manutenção das garantias trabalhistas com a extinção da autarquia.

RESPOSTA DA PREFEITURA

Em nota encaminhada para a InterTV, a comunicação da Prefeitura de Cabo Frio se limitou a dizer que a manifestação dos servidores não é nada além de um ato político. Como toda ação social ou sindical é, antes de tudo, uma ato política, a resposta não está de todo errada. 

No entanto, esse condicionamento público da comunicação resulta da inabilidade, da falta de um trato fino e profundo com as frentes sindicais, que precisam gritar para serem ouvidas. A Prefeitura demonstra não desejar sair do lugar comum ao não se relacionar, democraticamente, com os servidores.


Servidores invadem a Prefeitura de Cabo Frio Servidores invadem a Prefeitura de Cabo Frio Reviewed by Alessandro Teixeira on 11.5.15 Rating: 5

4 comentários:

  1. Alessandro e o caso dos contratados que tem os salários muito abaixo do concursado? será que ninguém esta se ligando nisso? E um absurdo trabalhar igual e receber diferente!!! Isso que é dignidade?

    ResponderExcluir
  2. Os contratados não foram mandados embora do hospital da mulher,porém a lista existe, portanto não tem nenhum posicionamento da direção da unidade sobre o salario vai ser pago pela prefeitura. Hoje caso os contratados forem embora os nº de concursados não dá para manter a rotina e eficiência do serviço prestado para população.

    ResponderExcluir
  3. Os funcionários não "invadiram", mas sim, ocuparam.Diferença importante. Apesar do que pensam os caciques, a prefeitura é do povo e não dos políticos.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.