Alair Corrêa proíbe a participação de secretários e assessores em grupos do WhatsApp

Numa cidade cheia problemas em decorrência da “crise” financeira que alcançou todo o país, a mais nova preocupação do prefeito Alair Corrêa é estabelecer uma espécie de “Big Brother” na vida particular de secretários e assessores, lançando mão de determinação estranha à democracia.

Para que não pairem dúvidas sobre a questionável conduta do prefeito, reproduzo na íntegra o texto divulgado pelo chefe do Executivo de nossa cidade que, confesso, caminha na contramão do que há de mais sagrado nas sociedades tidas como democráticas: o direito de ir e vir, de manifestação de opinião, o que inclui a participação – melhor seria se fosse em horários incompatíveis com o expediente de trabalho (digo no aspecto da interatividade com os demais integrantes de grupos e comunidades) – em canais das redes sociais:
Comunico a todos os secretários e demais assessores do nosso governo que a partir dessa data não será mais permitido a participação dos Srs em qualquer grupo de WhatsApp que não seja o de trabalho como os da saúde, obras, Comsercaf, Comunicação e educação. Solicitando, então, a retirada de outros quaisquer grupos. Por fim, comunicamos que poderão manter-se nos mesmos, mas terão que pedir exoneração. Exceto profissionais da área jornalística. (sic)
Sinceramente, fico com a sensação de que o prefeito perdeu o compasso e precisa de upgrade no seu modo de encarar a dinâmica da máquina pública. Hoje em dia, para termos a exata dimensão do dano causado pelo texto do prefeito, um pai de família não deveria, por exemplo, sujeitar seus filhos a tamanho expediente de alienação. 

Em Cabo Frio, num estilo paternalista – outros menos afeitos ao respeito talvez usassem expressão mais agressiva – é o governo quem dita o que pode e o que não pode na vida particular de terceiros, numa verdadeira demonstração de que o manu militari é o que resta na tentativa da colocar o governo “nos trilhos”.

Lamentável, incabível e antidemocrática a atitude de prefeito. Não merecemos e não podemos aceitar, em hipótese alguma, conviver com práticas tão nocivas. E, se restar alguma dignidade naqueles que estão sob a “regência” do prefeito, o melhor seria atender à recomendação estampada na parte final do texto: pedir exoneração.

A que ponto chegamos!

Quero hipotecar meu apoio a todos os secretários e assessores do prefeito Alair Corrêa e dizer que o número de WhasApp, anotado no final dessa postagem, pode ser usado para a manifestação de suas insatisfações. Até porque, pelo texto do prefeito, eles não estão proibidos (ora, vejam só!) de falarem comigo em mensagens individuais; só em grupos... e por enquanto.

Alair Corrêa proíbe a participação de secretários e assessores em grupos do WhatsApp Alair Corrêa proíbe a participação de secretários e assessores em grupos do WhatsApp Reviewed by Alessandro Teixeira on 18.6.15 Rating: 5

9 comentários:

  1. Alguém teria coragem de largar as já tão maltratadas tetas da viúva?

    ResponderExcluir
  2. Aonde está o respeito a propriedade e liberdade? Este prefeito é um boçal!! O triste é ter que ouvir que ele está onde está, por meio de voto!!! Será?

    ResponderExcluir
  3. E uma vergonha esse governo , uma bagunça , nao tem saude, nao tem nada .so´estao ficando cada vez mas rico com o dinheiro publico, em outras cidades prefeitos vao presos e vereador tbm , mas aqui se compra tudo , e uma vergonha para cabo frio. na educaçao nao tem comida para as crianças., professoras contratadas q ganham menos do que as concursadas, mas trabalham da mesma forma e horario nao preciso falar mas nada. as eleiçoes estao vindo ai eles nao ganham mas nada , nem os vereadores deles.a bagunça vai acabar .

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente esse governo da dignidade (?) é surreal em diversos aspectos, esta apenas é (uma) das cerejas do bolo! Não cabe uma ação ou algo que o impeça de cometer mais barbaridades?
    Reuniões obrigatórias no seu parquinho com direito a foto e bronca em contratados e comissionados, VT dos efetivos sempre recarregado com atrasos de pelo menos 20 dias, telefones cortados há meses devido à falta de pagamento, terceirizados sem receber, passagens a 0,50 que não são mais 0,50 e que nem são mais oferecidos à população, dívidas com o Banco do Brasil, festas megalomaníacas com shows de gosto duvidoso a preços totalmente acima de mercado, a orla mais cara do mundo sem necessidade, idem para pista de skate e várias outras "inaugurações" fajutas apenas para que o supremo deus ó Alair tire fotos e mais fotos e logicamente vigie quem dos seus puxa sacos estão presentes... São tantos, mas tantos exemplos que fico a pensar nos próximos meses de tortura e ditadura que virão!
    Que absurdo, mesmo! Indignação grau máximo!
    "Vai dar certo o que deu certo"?

    ResponderExcluir
  5. Pois é ....o rei suserano tirou o brinquedinho dos seus vassalos! Bem feito! Sei que alguns deles (pessoal do grupo), teve que comprar a perder de vista um novo aparelho de celular, para ter acesso ao whatsApp. Enquanto isso muitos dos chamados "administradores" sabem usar whatsApp mas não sabem como usar o sistema para gerar um bendito cartão unificado ou o cartão do SUS. Piada? Não! É sério, muito sério!

    ResponderExcluir
  6. Esse governo é reflexo da equipe, e provo o que to falando epsodios que ocorrem em nossa cidade hoje, ocorreram em Sao pedro da Aldeia no governo passado, pois o secretario de fazenda do nosso municipio, era o secretario de administração em São Pedro na época. Só valendo ressaltar que o corte da luza ocorreu tres meses antes de terminar o governo Carlindo em Sao Pedro, já em Cabo Frio fico com medo, pois faltam 1 ano e 6 meses e ja estão cortando a luz, a cidade pode ficar ainda pior com este prefeito, não sei o que será da minha Cabo Frio.

    ResponderExcluir
  7. Esse governo e o passado.tudo governo de.pilantras . O.R OLÁ estava falido e hoje ? E ainda tem um bando de sáfados que ficam idolatrando esses marginais.

    ResponderExcluir
  8. B-I-Z-A-R-R-O!!! Não sou e nunca fui funcionária, contratada, comissionada ou fantasma da PMCF, MAS o que esse ancião fez já é praticado em empresas privadas há anos! A começar pelo uso do celular, tanto para receber como para fazer ligações mesmo no intervalo do "almoço"! Se bem que para isso nem seria preciso uma "ordem" de patrão algum e sim bom senso. Afinal, não posso atender bem a um cliente se estou conversando ao celular. É pura e simplesmente questão de lógica! Que eu saiba os secretários e assessores nunca estão em seus lugares para atender seus "clientes"; NÓS cidadãos e contribuintes, inclusive o ancião! Só não entendi a "desculpa" do ancião que (des)governa Cabo Frio para ditar a ordem para secretários e assessores: "...não haver VAZAMENTO de informações sigilosas..."! Ancião, então ordene que os mesmos usem batom da marca "SUPER BOND"! A que ponto chega o egocentrismo do ancião! A cidade está de pernas para o ar, ruas vazias às 20:00h (principalmente perto das agências bancárias), saúde(?) calamitosa, atendimento em qualquer setor da prefeitura um esculacho com o contribuinte. Já o ancião faz alarde sobre a abertura de um "parque aquático" (faz-me rir) que tem por novidade o "latão maluco" que ao trocarmos algumas letras poderia chamar "ladrão maluco"! Se bem que do tal parque nunca cheguei perto e não pretendo chegar, mas pelas fotos jamais chamaria aquilo de "parque aquático". Faraó, será que o senhor não está vendo muita novela? Pior é ver uma população inerte! Façamos uma frente a esse tresloucado! Entremos, em massa, com denúncias no MP (Ministério Público). Não sei o que acontece na cidade, pois por muito, muito menos mesmo um prefeito foi PRESO! Sinto dó de quem vier a governar essa cidade tão linda após o ancião! Uma lástima! Abraços

    ResponderExcluir
  9. LUCINDA VIEIRA BOGORETTO KSOLWSKI19 de junho de 2015 11:15

    Agora que vi que podemos nos identificar. Aproveito para explicar que o batom "SUPER BOND" (conhecido espião britânico cinematográfico, BOND, JAMES) é um trocadilho agregado ao nome da cola rápida "super bonder"! Já que o faraó atribui aos seus funcionários de confiança tais "vazamentos". Serão os mesmos espiões? Se não, super bonder neles! Ah! Confirmado que algumas secretarias, ainda, continuam sem energia na manhã de hoje! Abraços

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.