NOVA COLUNISTA | A anatomia de uma administração

Tenho a impressão de que quando um cidadão se disponibiliza a disputar um cargo público eleitoral, qualquer que seja, ele inicialmente pensa em uma equipe: quem vai fazer o que, sobretudo quando se trata de uma Prefeitura.

Então, vi um cidadão ansiando muito por voltar ao poder, e salvo algumas pessoas que até estudaram muito e não são leigas, a equipe deste cidadão era pequena diante do desafio de retornar à tão desejada cadeira. 

Usando uma metáfora cabível, pode-se dizer que ele perdeu dedo por dedo para garantir os anéis do poder. E este cidadão, enfim, conseguiu sua vontade. Está lá na cadeira e com a caneta... Mas, e aí? E aí que todos os dedos estão perdidos e a caixa está cheia de anéis que a criatura teima em usar, mesmo que usando em seus cotocos. E assim, qualquer parte do corpo serve como dedo.

Esta é a situação de Cabo Frio: o prefeito tem as armas, mas não tem munição; está no poder, mas não tem poder. Três anos se foram e a desculpa da vez é a crise. Não aconteceu a "cultura da latinha", como muitos acreditavam; não teve as festas, como tantos queriam; existem sim, inúmeros problemas, que acompanhamos de perto, diariamente, e que mostram que nossa cidade está falida social e economicamente. 

E pior, anéis que não passam de bijuterias teimando em dizer que agora está melhor. Melhor aonde? O que não está igual, está muito pior.

A anatomia do poder mostra que não basta ter poder; tem que ter equipe, tem que ter gente capacitada devidamente posicionada em cargos compatíveis com a sua formação. E, se não tem, busque no mercado de trabalho. Tem muita gente qualificada disponível em Cabo Frio. 

Se a ideia é uma Cabo Frio mais digna, justa, desenvolvida e organizada, não há alternativa senão despir-se dos pudores políticos e buscar o melhor para a cidade. O que não podemos mais é usar de hipocrisia, fingindo que não tem nada errado e esperar sentado que venha a próxima eleição. Até lá pode ser tarde demais. Afinal, ninguém tem tanto cotoco.
__________________
SILVANA BRAGA, cidadã e professora de História.

COMENTÁRIO

Seja bem-vinda, Silvana Braga, a esse espaço, que tem sido usado para a manifestação de ideias e para o registro das demandas de nossa gente. Obrigado por sua importante contribuição que, neste artigo, trata da guerra travada do poder pelo poder.


NOVA COLUNISTA | A anatomia de uma administração NOVA COLUNISTA | A anatomia de uma administração Reviewed by Alessandro Teixeira on 2.6.15 Rating: 5

6 comentários:

  1. A equipe do cidadão é mais fraca que a defesa do Flamengo.

    Estou escrevendo um livro que tem o "subtitulo" parecido: O Equivoco do Seculo. Disenteria de uma administração.

    ResponderExcluir
  2. O engraçado é que a prefeitura tem dinheiro para pagar o cantor Jorge Vercilo mas diz não ter nesse momento dinheiro para repor as luzes em frente a escola municipal Luis Lindenberg. É uma vergonha.

    ResponderExcluir
  3. Numa época "de crise", depois da anunciada rescisão de 4.000 contratos de trabalho, da extinção de uma empresa publica, redução de secretarias, redução de salários comissionados, a Prefeitura de cabo Frio resolve PLANTAR GRAMA no canteiro divisor das pistas da América Central. Como diz o gaúcho "bá tchê!"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E os coqueiros? Prefeito Alair só sabe plantar gramas e coqueiros nos canteiros das Avenidas. Muito original. Deveria um prêmio de originalidade do século XXI.

      Excluir
    2. Correção. Deveria receber um prêmio....
      Teclar nesse smartphone é ruim.

      Excluir
  4. Silvana sua posição está corretíssima, entretanto politico nenhum esta preocupado em buscar o melhor para a cidade e o cidadão. Cabo Frio é um grande exemplo desta situação a décadas. Formar equipes competentes para servir as pessoas esta muito longe da missão dessa gente, estão preocupados em formar grupos que em troca de votos e negociações para contratos assim que se diplomam, este é o objetivo, e assim se lambuzarem no dinheiro fácil que 92% da população de Cabo Frio imaginariam ter mesmo nascendo e morrendo algumas vezes. Existe pessoas neste governo, umas até com mais de 80 anos , que de nada contribuem para solucionar os problemas da cidade, a busca da solução está na indignação, falta as pessoas se indignar com tudo isso e promover no meio familiar, de trabalho, igrejas etc. a discussão de quanto é caro manter esse modelo que de nada contribui a anos para a melhoria da vida das pessoas! E aliás só melhora a deles, os políticos e suas politicagens! Valeu!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.