Sindicatos reagem à manobra do governo e mantêm greve de advertência

Após receber notícia de que o prefeito Alair Corrêa se reunira com representantes da Guarda Municipal e do SINDICAF para formalizar uma nova proposta de reajuste salarial, o Movimento Unificado dos Servidores, composto pelo SEPE-Lagos, AFM, SindSaúde e ainda pelo SINDICAF publicou comunicado oficial com o entendimento de que “qualquer proposta deve ser discutida com todos os líderes sindicais por se tratar de um Movimento Unificado”.


Representantes do Movimento Unificado, além de discordar do ato do prefeito, anunciam que a greve de advertência, marcada para a próxima segunda-feira, dia 29, será mantida e que da pauta constam outras reivindicações, como enquadramento, vale-transporte e aposentadoria.

COMUNICADO OFICIAL – MOVIMENTO UNIFICADO

O Movimento Unificado conseguiu a atenção do prefeito com os atos de rua. No primeiro encontro com o chefe do Executivo foi oferecido 2% de reajuste salarial. Após várias discussões, o Movimento recebeu a proposta de 5,83%. Na última assembleia dos servidores municipais de Cabo Frio foi aprovado o índice de 10,2%. 

O Movimento entende que qualquer proposta deve ser discutida com todos os líderes sindicais por se tratar de um Movimento Unificado. Sendo assim, chamamos os servidores para o ato de segunda-feira, dia 29, às 8h, em frente à Prefeitura, onde analisaremos a notícia divulgada nas mídias sociais pela assessoria de imprensa do Executivo. 

Participe! O Movimento Unificado tem – além do reajuste salarial – uma pauta de reivindicações que precisa ser discutida com o prefeito, como: enquadramento, vale-transporte, aposentadoria, entre outras.

SEPE-Lagos | AFM Cabo Frio | SindSaúde | SINDICAF

Sindicatos reagem à manobra do governo e mantêm greve de advertência Sindicatos reagem à manobra do governo e mantêm greve de advertência Reviewed by Alessandro Teixeira on 26.6.15 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.