Cabe ao prefeito provar que não é mentiroso

A recente mobilização unificada dos servidores municipais chegou ao fim ontem com o aceite da proposta de 8,13% de reajuste à categoria. Nesse sentido, o movimento, mais uma vez, termina com vitória do servidor sobre um governo injusto e incoerente.

Em postagem pessoal nas redes sociais, entretanto, o prefeito tenta apontar o Sepe como derrotado, citando-me, inclusive, como um de seus diretores – o que não sou, mas que teria muito orgulho em ser.


Prefeito, o senhor não compreende mesmo como funciona um sindicato e um movimento unificado, até porque “democracia” e “direitos dos trabalhadores” são termos que parecem incompreensíveis ao seu governo, que é autoritário, perseguidor e incompetente.

Num movimento, vale a voz da maioria, e não é porque uma parte se posicionou contra que ela é derrotada, pois todos assumem a decisão do maior número como se fosse da totalidade. O senhor não entende porque, em suas reuniões, impõe vontades aos seus secretários, que, submissos e omissos, balançam a cabeça em seu favor, tornando-se motivos de chacota pública. O senhor não entende, prefeito. Não entende porque não consegue.

Ademais, senhor prefeito, se houve algum derrotado nessa história, esse alguém foi o senhor. Chamado de mentiroso em praça pública, no ato do dia 28 de maio, prometeu mostrar as contas da prefeitura e fez uma aposta: se fosse comprovada a impossibilidade do reajuste pelos documentos (o que comprovaria que o senhor não mentia), que os diretores sindicais renunciassem a seus mandatos; do contrário, o senhor renunciaria ao seu cargo. 

Ora, prefeito, o senhor não apenas não nos mostrou as contas como ainda nos concedeu um reajuste cuja proposta saltou 300% em 39 dias (primeira proposta em 19 de maio e a segunda em 26 de junho). Logo, a prefeitura realmente sempre teve dinheiro para o reajuste, pois a situação financeira do município não melhorou 300% em pouco mais de 5 semanas - ao contrário, piorou, pois a parcela de junho dos royalties bateu menos um milhão e cento e cinquenta mil reais. Quem estava mentindo? Quem foi o derrotado?

Prefeito, o seu governo, mais uma vez, perdeu, pois se atrapalhou nas próprias informações, choros e promessas, sendo desmascarado por sua própria incompetência. Vencido pela pressão dos trabalhadores, após quatro paralisações e diversas manifestações, sua gestão foi conduzida por nós, para nos dar um reajuste ao nível da inflação e muito mais próximo do nosso desejo inicial (13%) do que do desejo inicial governista (2%). Assim, mesmo com as tentativas desesperadas de dividir o movimento, nós vencemos e o senhor perdeu

Sim prefeito. Agora, cabe ao senhor tentar provar para a população, mais uma vez, que não é um mentiroso. Chegou a hora de cumprir sua promessa: pelo bem de Cabo Frio, tenha palavra e renuncie ao seu mandato. Será um alívio para todo o nosso povo; a salvação da nossa cidade; e uma página velha e mofada a menos na nossa história.

RAFAEL PEÇANHA, professor e blogueiro. Acesse o blog clicando aqui.

Cabe ao prefeito provar que não é mentiroso Cabe ao prefeito provar que não é mentiroso Reviewed by Alessandro Teixeira on 1.7.15 Rating: 5

Um comentário:

  1. Dentro da lei, vocês que tem que provar: que o prefeito não é " mentiroso ". "Mentiroso" eu não sei, mas que o prefeito, muitas vezes, falta com a verdade é uma realidade.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.