CAOS | Doentes ficam sem transporte e sem tratamento

Por negligência da Secretaria de Saúde de Cabo Frio, vários pacientes que dependem dos serviços de transporte para o Tratamento Fora de Domicílio, o TFD, foram pegos de surpresa com a informação de que as empresas que locam os veículos para a Prefeitura decidiram interromper as viagens por falta de pagamento.

Por conta da “paralisação” de empresários e motoristas, cidadãos que tinham consultas em outras localidades não puderam dar continuidade ao tratamento que precisam fazer em unidades médicas distantes de Cabo Frio e agora convivem com o drama do reagendamento dos procedimentos que, segundo dizem, são de difícil acesso.

Foto ilustração

- A gente não pode reclamar da atenção que recebe dos funcionários da Secretaria. São todos muito atenciosos e nos ajudam bastante a conseguir marcar consultas e agendar exames. Mas agora eu estou com medo de encontrar barreiras para marcar outra vez o exame que preciso fazer e que foi muito difícil agendar. Como vai ficar agora? Posso fazer na semana que vem?, indaga uma paciente que pediu para ter o nome preservado.

Prefeitura efetuou pagamentos nesta sexta-feira

A Prefeitura de Cabo Frio efetuou na manhã desta sexta-feira, dia 9, pagamentos a proprietários de veículos utilizados nas viagens do Tratamento Fora de Domicílio (TFD). De acordo com dados oficiais, foram destinados ao todo R$ 28.907,52 para quitar o que um dos motoristas diz corresponder “a parte do débito”.

Veja no quadro abaixo a relação dos pagamentos efetuados:


COMENTÁRIO


Considerando as denúncias encaminhadas por pacientes de Cabo Frio e a ação da Prefeitura ao repentinamente pagar parte da dívida a empresários e motoristas, a certeza que fica é que a negligência e a irresponsabilidade são traços marcantes deste governo não deu certo.

Além de aplicar “calote” naqueles que prestaram os serviços, a Prefeitura tem sido covarde com os que precisam de tratamento médico longe do "quintal de casa". Que vergonha! A quantos absurdos como estes ainda assistiremos?

Aprendi com um experiente amigo médico que nas relações sociais um dos mais importantes princípios a ser considerado é o da empatia, ou seja, a capacidade que temos de nos colocar no lugar de outra pessoa, buscando agir ou pensar da forma como ela pensaria ou agiria nas mesmas circunstâncias. Então a pergunta: se fosse um familiar do prefeito, do secretário ou de qualquer outra autoridade seria esse o tratamento dispensado? Óbvio que não!

Assim, resta comprovado, uma vez que na pressão o governo decidiu quitar uma “farpelinha” do montante devido, que falta, além da competência para gerir a estrutura pública, humanização nas instalações do poder.

Observação: como as denúncias chegaram apenas no final da tarde desta sexta-feira, fica garantido o espaço para as explicações que a secretaria de Saúde julgar necessárias.
CAOS | Doentes ficam sem transporte e sem tratamento CAOS | Doentes ficam sem transporte e sem tratamento Reviewed by Alessandro Teixeira on 9.10.15 Rating: 5

8 comentários:

  1. Bom dia, estou estranhando o silêncio da mídia em relação as demissões dos médicos, tanto do PAM como o do hospital de Jardim Esperança que foram em cerca de 10 médicos;, esses médico atuavam no ambulatório. Se antes já era difícil , imagino agora!

    ResponderExcluir
  2. Não entendi, A Córrego Rico não é a empresa que faz as locações de veículos? me explica por favor? Anne Bonnie

    ResponderExcluir
  3. Além de Cabo Frio ser uma pobreza na área médica, porque caverna é aqui, ainda acontece isso. Que vergonha! Prefeitura caloteira detected!

    ResponderExcluir
  4. Apesar da crise que impera em nosso município, apesar das dificuldades que o Prefeito e a população enfrenta, ainda assim, acredito que somos felizes e não sabemos. Pior é a população dos mais de 140 municípios, cujas prefeituras fecharam as portas, dados da ultima semana. Ainda temos passagens de ônibus subvencionada a 1,50; Prefeito vem honrando os programas sociais; inaugurando Unidades Basicas de Saude (UBS) no Jacaré e Itajuru, pagando a um fornecedor hoje, outro semana que vem, outros quando entrarem recursos, tudo isso graças a um homem com competência, eficaz administrador, experiente em seu 4o mandato como prefeito, vizualista do futuro, pego de surpresa pela crise que se instalou, pois durante a campanha a receita da prefeitura era algo em torno de 60 milhões mensais e hoje não chega aos 35 milhões e ainda cumprindo um PCCR que sangra violentamente a folha de pagamentos. Portanto apesar das criticas, das incoerências, das politicagens baratas e pessoais dos inimigos de Cabo frio, que querem macular a imagem de Alair, mesmo assim, não entraremos no bloco das prefeituras fechadas por esse Brasil afora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que é isso? script de filme de comédia? Ou é roteiro mesmo? Só pode está tomando a mesma medicação da Alice do país das Maravilhas e teve um grave efeito colateral.

      Excluir
    2. "Vizualista do futuro" e "pego de surpresa"??? Como pode isso??? Kkkkkk e tem mais...o Prefeito não está enfrentando dificuldade nenhuma né. A população sim.

      Excluir
  5. Ah, entendi. O Amauri Cunha escreveu tudo que ele gostaria que acontecesse. Um pedido. Deve ser uma carninha antecipada para o Papai Noel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carninha não é cartinha antecipada...... Carninha é dialeto de churrasco de pobre. " E aí! vamos queimar uma carninha e tomar cervas geladas para comemorar! "

      Excluir

Tecnologia do Blogger.