Pagamento dos servidores do Estado será feito em duas etapas

As secretarias de Fazenda e de Planejamento e Gestão e o Rioprevidência informam que os pagamentos relativos a novembro dos servidores estaduais ativos e inativos do Poder Executivo serão feitos em duas etapas. Já o pagamento dos pensionistas não sofreu alteração. Os 90.688 pensionistas já receberam integralmente nas datas previstas no calendário, de 24 a 30 de novembro, de acordo com o número de inscrição. 

Os servidores inativos e ativos que ganham até R$ 2 mil líquidos mensais receberão o valor integral do pagamento nas datas previstas, ou seja, nesta terça-feira (1/12) e quarta-feira (2/12), respectivamente. Para aqueles que ganham acima deste valor, o Estado também depositará R$ 2 mil nessas datas e a diferença, até o próximo dia 9. O governador, o vice-governador e os secretários de Estado receberão a totalidade dos seus subsídios até o próximo dia 9/12. Do total dos servidores estaduais, 53% receberão integralmente seus vencimentos nas datas previstas anteriormente e os outros 47% receberão em duas etapas.

SERVIDORES | Quem tem salário superior a R$ 2 mil receberá em duas parcelas a partir desta terça, dia 1

Todas as pensões alimentícias serão pagas integralmente nesta terça-feira (1/12) no caso dos inativos, e, nesta quarta-feira (2/12), no caso dos ativos, independentemente do valor da pensão. As 12 entidades da administração indireta com pagamento previsto para hoje (30/11) já receberam seus salários integralmente. O mesmo acontecerá com os servidores do Detran, que terão seus vencimentos depositados nesta terça-feira (1/12), uma vez que o órgão tem receita própria. 

A nova data estabelecida para a folha de novembro é resultado da queda na arrecadação do Estado, assim como do agravamento da crise econômica do país. O Rio de Janeiro atravessa um momento de graves dificuldades financeiras, provocadas pela forte desaceleração da economia brasileira, a queda nos preços do petróleo e a diminuição da receita com royalties. Somente em outubro, a arrecadação do Estado registrou uma queda real de 16%. A arrecadação com royalties será R$ 6 bilhões menor, em 2015, do que o previsto no início deste ano.

COMENTÁRIO

Impressiona a falta de transparência em todos os níveis da administração pública. O texto divulgado para secretaria estadual de Comunicação, por exemplo, trata do pagamento "picotado" dos servidores e dos "esforços envidados pelo governo" para tentar equacionar o problema. E do rombo nas contas públicas, quem fala?

Ao que parece, não há quem ouse cobrar essa informação do ilustríssimo senhor governador. Queremos ter acesso ao retrato real desse (des) governo. A fotografia que nos apresentam não passa de um quadro rabiscado com os tons que interessam a quem governa. Ainda que seja dura, a realidade das finanças estaduais precisa ser "ventilada" para os fluminenses.

Essa historinha de que "precisamos trabalhar para vencer a crise" é até interessante, mas não deve ser apresentada com aquelas canções de "ninar" que deixam a população inebriada. Contem-nos, por "obséquio", quem meteu a mão na grana do Estado nessa longa marcha administrativa e seus contornos político-partidários.

Pagamento dos servidores do Estado será feito em duas etapas Pagamento dos servidores do Estado será feito em duas etapas Reviewed by Alessandro Teixeira on 30.11.15 Rating: 5

3 comentários:

  1. Resposta: Sergio Cabral, Eduardo Paes, Pezão, Cunha...a lista é grande pra cacete, e o estado ainda tem "O PIOR PREFEITO DO BRASIL" na prefeitura de Cabo Frio, putz ô povo pra gostar de sofrer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "O PIOR PREFEITO DO BRASIL.........." Por que as aspas (" ")?

      Excluir
    2. Apenas para realçar a citação, em acordo com a norma ortográfica, ou mesmo que desta forma não fosse poderia ser considerado licença poética no intuito de expressar a opinião popular de forma mais intensa.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.