Educação decreta greve e estudantes ficam sem aulas em Cabo Frio

Os profissionais da Educação de Cabo Frio decretaram greve na noite desta segunda-feira, dia 7. Escolas do município estão fechadas na manhã desta terça-feira (8), mas o Sindicato dos Profissionais da Educação da Região dos Lagos (Sepe Lagos) ainda não tem o número exato da adesão. 


De acordo com o sindicato, o movimento teve início porque os pagamentos não foram efetuados até o quinto dia útil do mês, como ficou acordado com a Prefeitura na última reunião.

Uma assembleia está marcada para esta terça-feira, às 18h, no Edilson Duarte, para definir os rumos da greve, segundo a assessoria de imprensa do Sepe Lagos. A categoria reivindica também o pagamento do vale transporte e de outros benefícios que, segundo eles, não foram depositados.

Os profissionais realizaram duas paralisações, na semana passada, antes de iniciar a greve.

Servidores têm assembleia geral hoje

Os servidores se reúnem em assembleia, às 18h desta terça-feira, na Escola Municipal Edilson Duarte, no Jardim Caiçara, quando vão deliberar sobre a greve, que já foi deflagrada na Educação. Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Cabo Frio, Olney Viana, a proposta do SINDICAF vai ser o ingresso de denúncias crimes na Justiça.

- Vamos propor o ingresso com ações coletivas no Juizado Especial Cível. Inclusive contra o prefeito Alair Francisco Corrêa, por danos morais, crime de prevaricação e peculato. Se a categoria aprovar, nós vamos ingressar com as ações. Os salários estão atrasados, não há previsão de pagamento e ele mandou um decreto com artigos abusivos, que são pra lá de irregulares para a Câmara, disse Olney Viana.

Denise Teixeira, do Sepe Lagos, disse ainda, que o sindicato está acompanhando as ações do Ministério Público, junto ao IBASCAF e demais áreas onde o MP está atuando junto à Prefeitura. De acordo com ela, nesta terça-feira, a Educação entrou em greve e a adesão foi grande.

- Apenas algumas escolas estão funcionando. Esperamos presença maciça da categoria na assembleia desta terça, finalizou.
Fonte: G1 / RC24h
Educação decreta greve e estudantes ficam sem aulas em Cabo Frio Educação decreta greve e estudantes ficam sem aulas em Cabo Frio Reviewed by Alessandro Teixeira on 8.12.15 Rating: 5

4 comentários:

  1. Afinal de contas, se somar: Paralisações + greves + pontos facultativos = +- um ano letivo.
    Coitados dos alunos.... #Afundacabofrio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é infelizmente é impossível trabalhar sem receber

      Excluir
  2. Trabalhar sem receber não dá.
    Os alunos estão sendo prejudicados pela Educação que não paga em dia aos seus profissionais.
    Alguém trabalha sem salário? Não!
    Trabalhar sem salário é trabalho escravo.

    ResponderExcluir
  3. Sem exageros por favor! Sem " correntes". Não pagar salário em dia, não significa que não paga salário. Agora que não é nada agradável, isso não é.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.