EDUCAÇÃO | Servidores mantêm greve e pedirão bloqueio dos bens do prefeito

Em assembleia realizada na noite de ontem (19), os profissionais da Educação de Cabo Frio, alegando falta do pagamento do salário do mês de dezembro e do décimo terceiro salário, decidiram manter a greve iniciada no dia 8 de dezembro. E, conforme explicado por Denise Teixeira, diretor de imprensa do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe-Lagos), “a categoria continuará em greve até que o governo pague todos os direitos dos servidores”.

MÃOS AO ALTO! | Profissionais da Educação reivindicam pagamento do salário de dezembro de 2015

Em decisão unânime, os profissionais da Educação aprovaram a proposta de bloqueio dos bens pessoais do prefeito Alair Corrêa (PP) e das contas da Prefeitura até que o chefe do Executivo cumpra todos os pagamentos. Outra decisão considerada importante pelos dirigentes sindicais é a convocação dos pais dos alunos da rede pública municipal de ensino para esclarecer as razões da greve e desconstruir os argumentos do governo que creditam a fatores políticos o movimento grevista.

Para manter a pauta de reivindicações, o sindicato preparou uma agenda com dois eventos: ‘protocolaço’ e pedágio em frente à Prefeitura nesta quarta-feira, dia 20, às 14h, e pedágio em frente ao Supermercado Econômico, localizado no Centro da cidade, às 14h, desta quinta-feira, dia 21. Uma nova assembleia foi marcada para o dia 25 com local e hora a serem definidos.

EDUCAÇÃO | Servidores mantêm greve e pedirão bloqueio dos bens do prefeito EDUCAÇÃO | Servidores mantêm greve e pedirão bloqueio dos bens do prefeito Reviewed by Alessandro Teixeira on 20.1.16 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.