POLÊMICA | Alair Corrêa promete ajudar na coordenação de movimento contra o Sepe

Mesmo após anunciar que não iria mais comentar ou publicar textos nas redes sociais, o prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa (PP), não perdeu a oportunidade para rebater declarações de um internauta que fez duras críticas aos organizadores do movimento contra o Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe-Lagos) e disse que deverá ajudar a coordenar o próximo encontro.

GUERRA DE NERVOS | O prefeito ficou revoltado com declarações de internauta

O prefeito ficou revoltado e não se conteve após ler comentário de internauta dizendo que se as pessoas que participaram do ato na Praça Porto Rocha estivessem catando lixo na praia seriam mais úteis.

- Espere o próximo encontro no mesmo local. Nele colocarei o meu dedo para ajudar ao menino prodígio e a esses "23" valorosos defensores da cidade. Quanto a mandá-los catar lixo na praia não os ofende, pois certamente que fariam com alegria por não ser desdouro algum trabalhar como gari. Aguardem o próximo encontro!, escreveu o prefeito.

POLÊMICA | Alair Corrêa promete ajudar na coordenação de movimento contra o Sepe POLÊMICA | Alair Corrêa promete ajudar na coordenação de movimento contra o Sepe Reviewed by Alessandro Teixeira on 16.2.16 Rating: 5

4 comentários:

  1. Prefeito não foram 23 valorosos defensores, foram 15 prefeitinho, não esqueça foram 15.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que foram 11!!!!! Ridículo este senhor, coitada da família dele......

    ResponderExcluir
  3. Tem que chamar o Batman. Não é a dupla dinâmica? Só o menino prodígio não adianta. Ah,também chama a Batgirl.
    Digo e repito: CABO FRIO É UM PAGODE!

    ResponderExcluir
  4. Ameaça do prefeitinho para o próximo encontro, vai contratar manifestantes profissionais, aqueles que vivem de dinheiro público, vai obrigar e ameaçar, igual esta fazendo com os nobres professores, os portariados, secretários, chefes e outros puxa-sacos de plantão, um alerta, todo pessoal, caso ameaça do prefeitinho concretize, vão obrigados e contrariados, vão por livre e espontânea pressão.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.