CABO FRIO | Prefeito diz que Sepe faz pirraça e brinca fazendo dos alunos vítimas da greve

Nitidamente irritado com a recente decisão dos profissionais da Educação de Cabo Frio (clique aqui para ler a decisão), o prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa (PP), publicou texto em que analisa a postura de dirigentes do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos) e “convida” – em tom de convocação - todos os professores a estarem em sala de aula para finalizar o ano letivo de 2015. 


- Eles resolveram manter a greve e estão querendo brincar utilizando os nossos alunos. Essa proposta de ontem [em que o pagamento deve ser feito até o quinto dia útil] é a mesma já apresentada e rejeitada por nós em outras negociações. Já foi dito várias vezes, a última foi na Câmara com minha presença, que a Prefeitura, até conseguir um recurso extra, só poderá pagar o salário na terceira terça-feira de cada mês por ser o dia em que os governos estadual e federal transferem as maiores parcelas do ICMS e do Fundeb, explicou o prefeito.

De acordo com Alair Corrêa, a decisão do Sepe pela manutenção da greve impedirá o início do ano letivo de 2016, previsto para o dia 15 de março. O prefeito disse lamentar a decisão, o que fará com que quase 40 mil alunos continuem sem poder se matricular.

- Essa greve dura quase três meses e, mesmo assim, os professores recebem o salário do mês em casa, pois o governo pagou integralmente seus salários, sem descontar um centavo de qualquer um dos grevistas. Ainda assim, resolveram sacrificar ainda mais nossas crianças mantendo essa greve. Pagamos para mostrar o nosso respeito pelas decisões das assembleias, como a de ontem, com 30 professores decidindo em nome de milhares de servidores, comentou Alair.

Em tom de convocação e anunciando que adotará medidas administrativas contra os grevistas, o prefeito solicitou que os professores retornem de imediato às unidades escolares para que seja finalizado o ano letivo do ano anterior. Para tanto, o prefeito considera recente decisão do Tribunal de Justiça, que determinou o retorno às atividades no dia 2 de fevereiro.

- Infelizmente os professores não se preocuparam com os nossos alunos, deixando-os sem a correção das provas, impedindo suas matrículas, isso puramente por maldade e pirraça dos dirigentes do Sepe. E, por entendermos que o sindicato passou dos limites em sua intransigência, informamos que a partir de agora não seremos mais tolerantes como antes com os professores e com o Sepe. Por isso, convidamos a todos os professores para se apresentarem em suas escolas e concluírem o ano de 2015, pois essa ausência tem sido danosa na vida dos alunos. Lembramos que o Tribunal determinou a volta dos professores às escolas desde o dia 2 de fevereiro e que hoje já é dia 1º de março e eles descumpriram a ordem judicial. A desobediência à Justiça nos tira também obrigações para com os grevistas. Portanto, se os mesmos não retornarem às escolas estão cientes de que os alunos continuarão prejudicados pela greve, o que nos levará, enquanto governo, a ter outra postura em relação ao movimento grevista e, principalmente, com os nossos servidores que nos últimos três meses receberam sem trabalhar, dando um prejuízo à cidade de aproximadamente R$ 40 milhões, finalizou o prefeito.
CABO FRIO | Prefeito diz que Sepe faz pirraça e brinca fazendo dos alunos vítimas da greve CABO FRIO | Prefeito diz que Sepe faz pirraça e brinca fazendo dos alunos vítimas da greve Reviewed by Alessandro Teixeira on 1.3.16 Rating: 5

3 comentários:

  1. esse prefeito acha que o povo e bobo como antes acabou

    ResponderExcluir
  2. O prefeito esta certissimo! negocie com o executivo retornando as salas de aulas.

    ResponderExcluir
  3. Isso já virou uma novela,a falta de respeito aos alunos e a população vem dos dois lados,se as crianças não comparecem a escola trazem logo o conselho tutelar para tomar ciência,que raio de justiça é essa q não providência valer os nossos direitos.A situação financeira q resolvam na justiça,daki a pouco vcs vão ter q sustentar nossos filhos.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.