INVESTIGAÇÃO | Polícia cogita mais de um autor para homicídio de professor

A Polícia Civil está cogitando a possibilidade de mais de um autor no homicídio do professor Nivaldo Marques da Silva, de 42 anos, encontrado morto na própria casa na segunda-feira (25), em Cabo Frio. De acordo com o delegado da 126ª DP,  Lauro Coelho, responsável pelo caso, as investigações apontam para um crime passional e que o autor, ou os autores, conheciam o professor e tinham acesso ao local onde ele morava.

HIPÓTESE | Para a Polícia, autor do homicídio conhecia  o professor e tinha acesso ao local onde ele morava

Segundo o delegado, duas testemunhas devem ser ouvidas até o fim desde semana para que as linhas de investigação sejam limitadas. Uma testemunha já foi ouvida até o momento.

- São testemunhas cruciais e que provavelmente estavam com ele antes dele morrer. Então elas vão ter muito a acrescentar. Provavelmente, quando ouvir essas pessoas, a gente vai poder ter um suspeito, explicou Coelho.

De acordo com as investigações, Nivaldo foi visto pela última vez entre a noite do sábado (23) e a madrugada do domingo (24). Ele voltou para casa, no bairro Boca do Mato, de táxi e foi encontrado na manhã de segunda por um colega de trabalho que não conseguiu contato por telefone com o professor.

Segundo a polícia, Nivaldo sofreu um trauma na cabeça e foi encontrado amarrado e com sinais de estrangulamento. O motivo da morte ainda não foi confirmado pela perícia do IML.

Para o delegado, a hipótese de um crime relacionado à homofobia não está descartada. Já a hipótese de latrocínio é praticamente inviável, já que não havia sinais de luta corporal ou arrombamento na cena do crime e nada foi levado.
Fonte: G1
INVESTIGAÇÃO | Polícia cogita mais de um autor para homicídio de professor INVESTIGAÇÃO | Polícia cogita mais de um autor para homicídio de professor Reviewed by Alessandro Teixeira on 28.4.16 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.