CABO FRIO | Para sindicalistas, Alair Corrêa é o verdadeiro inimigo da Educação

O prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa (PP), publicou texto lamentando a greve de advertência anunciada pelo Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe-Lagos) e questionando o posicionamento dos dirigentes sindicais, que não “demonstram respeito e solidariedade pelos alunos das escolas municipais”.

- Podem até alegar atraso de pagamento de alguns dias, mas, apesar de todas as dificuldades que atingem nosso município, reflexo de uma crise sem precedentes na recente história brasileira, temos cumprido o nosso dever. É verdade que recebem seus salários com algum atraso, mas jamais superior a 15 dias, escreveu o prefeito. 

FARPAS | Para o prefeito, sindicalistas não demonstram respeito e solidariedade pelos alunos da rede pública

Alair Corrêa aproveitou o texto para afirmar que o sindicato age por motivações políticas ao anunciar greve de três dias. Para o prefeito, os sindicalistas estão comprometidos “com outros objetivos que não apenas a questão salarial”.

- E essa situação, que a todos constrange, ocorre exatamente no dia em que pagamos o salário. E como já explicamos, é a terceira terça feira do mês, quando são depositadas as maiores parcelas do ICMS e FUNDEB. Não querem o empréstimo, pois tem altos salários, confundem a opinião pública pois podem receber com algum atraso. Fica evidente que não pensam nos colegas de outras secretarias. São servidores que ainda aguardam a reposição de insalubridade, adicional noturno, plantões e salários em dia. São homens e mulheres, chefes de família que, ao contrário dos diretores do Sepe, precisam ter normalizada a questão salarial. Talvez para o Sepe seja apenas mais uma divergência cotidiana, mas para os demais funcionários é um drama cotidiano, disparou Alair Corrêa.

Em nota, o sindicato repudia as palavras do prefeito e diz que os profissionais da Educação “continuam sem um calendário de pagamento, sem as duas últimas parcelas do décimo terceiro, sem o 1/3 de férias, sem o vale transporte, sem a liberação das aposentadorias e com todos os seus direitos negados”.

- Falar que os profissionais da educação não tem respeito, nem solidariedade para com os alunos da rede, seria cômico, se não fosse trágico e irresponsável, pois o governo quer manipular a opinião pública contra os profissionais da Educação, querendo que os mesmos exerçam suas funções gratuitamente, comentou Denise Teixeira, diretora do Sepe. 

O sindicato alega que “as escolas estão sem infraestrutura, muitas faltando professores e com profissionais sendo assediados e desvalorizados por este governo irresponsável, que não coloca a escola pública como prioridade”. 

- O Sepe é o representante legítimo da categoria e é apartidário, não fazendo parte de nenhum governo e repudiando qualquer político que queira pegar carona ou se promover com o movimento da classe trabalhadora. É público e notório o esforço dos governos em partidarizar e criminalizar a luta legítima dos trabalhadores e trabalhadoras da educação, na tentativa de desconstruir uma luta justa. A máscara caiu prefeito! A população já percebeu quem é o verdadeiro inimigo da educação de Cabo Frio, finalizou Teixeira.

CABO FRIO | Para sindicalistas, Alair Corrêa é o verdadeiro inimigo da Educação CABO FRIO | Para sindicalistas, Alair Corrêa é o verdadeiro inimigo da Educação Reviewed by Alessandro Teixeira on 18.5.16 Rating: 5

Um comentário:

  1. é isso ai ele não vai conseguir colocar o povo contra os professores pai de aluno

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.