OPINIÃO | Ok! Agora, quanto às liminares...

Nas eleições de 2014, a incompetência gestora de Dilma Rousseff e seus acordos políticos nefastos com a corja do PMDB e PP conduziram às poltronas parlamentares no Congresso Nacional a pior quadrilha que parlamentares que se tem notícia no mundo e na democracia moderna.

O lulismo levou na bagagem para Brasília a pior raça de conservadores radicais que esse país jamais pensou em existir. O PT casou com os movimentos sociais, porém ia pra cama como os ruralistas latifundiários do Centro-Oeste, enterrando qualquer chance de uma reforma agrária séria e responsável. 


Na alcova do prostíbulo parlamentar, gerenciados pelos sócios criminosos do PP e PMDB, o Partido dos Trabalhadores virou garoto de recados dos conservadores e fazia vistas grossas aos gananciosos cavaleiros do apocalipse da bancada da bíblia e da bala. 

Porém, Dilma Rousseff não conseguiu manter os acordos do grande esquema dessa máfia bandida e inescrupulosa. A decisão do conclave alcoviteiro foi jogar o “boi” às piranhas para atravessar a manada e eleger outro capo que trouxesse paz entre as “famílias”.

Conduzida pelos fariseus do Congresso até Pilatos (na versão global) para que fosse julgada, foi despida, açoitada, carregou sua cruz a pingos de sangue até o Gólgota e finalmente crucificada. Pronto, os Corleones já tinham apresentado seu “Cristo” à sociedade. Só que nessa versão midiática espetaculosa, Judas é quem herda o trono de salvador dos judeus.

Com sete ministros investigados, mas protegidos com a imunidade parlamentar que foi negada a Lula, um Ministro da Justiça que é advogado do PCC, campeão mundial de desmatamento e o maior latifundiário de soja do mundo para ministro da agricultura, os criminosos assumiram de vez o poder, ao se livrar do presunto petista. Mas ao Rio de Janeiro coube o filé desse acochambramento. Os Piccianis, sempre eles, os Highlanders da velha política, o espírito que anda da Mata Atlântica foram nomeados a donatários da capitania hereditária fluminense, foi reservado o lado direito do trono em Brasíla. 

Na alcova do prostíbulo parlamentar, gerenciados pelos sócios criminosos do PP e PMDB, o Partido dos Trabalhadores virou garoto de recados dos conservadores e fazia vistas grossas aos gananciosos cavaleiros do apocalipse da bancada da bíblia e da bala.

Picciani Jr. acaba de galgar a meteórica carreira de líder da bancada do PMDB na Câmara dos Deputados para Ministro dos Esportes no ano olímpico, enterrando de vez a candidatura de Pedro Paulo (que escapou da Maria da Penha), o candidato de Eduardo Ciclovia Paes, a prefeito do rio de Janeiro. Em 2018, Jr. será conduzido ao trono carioca como príncipe-regente. O PMDB virou o grande padrinho dos Corleones e o estado do Rio de Janeiro foi entregue na bandeja com maçã na boca ao que existe de pior na política nacional, aos sócios de Cunha. 

Na nossa região, numa rápida conta, verificamos que temos os candidatos a prefeito pelo partido: em Rio das Ostras o prefeito é candidato com liminar, em São Pedro da Aldeia o prefeito é candidato com liminar, em Búzios o prefeito é candidato com liminar, em Cabo Frio o ex-prefeito tenta liminar para vir candidato e em Arraial do Cabo o prefeito tenta fazer seu herdeiro, mas precisa se livrar da segunda operação da Polícia Federal que promete varrer o seu governo na cidade.

É aí que entra Gilmar Mendes, o homem da capa preta que se tornou Presidente do TSE e vai julgar essa galera. Esta semana ele engavetou as denúncias de Janot contra Temer, engavetou o processo contra Aécio de crimes de tudo que é ordem e sentou para almoçar com o presidente em exercício. Se tem alguém que ainda acredita que essa turma-torpedo ficará inelegível ou que esse governo não será corrupto, é hora de trocar de “vovó”ou mudar a marca da “pipoca”, pois as sessões de descarrego não estão funcionando.

É com essas crias de Cunha que Picciani vem para o embate para ser dono definitivamente do estado do Rio de Janeiro. Como ele chegou a esse ponto de poder? Você, prezado leitor, pode responder. Quando foi que você deu importância a política no seu município? Parabéns pra você e para o PT. Espero que agora estejam satisfeitos.

GILMAR AGUIAR é fundador do Movimento Voto Vivo e membro do Elo Estadual da Rede Sustentabilidade.
OPINIÃO | Ok! Agora, quanto às liminares... OPINIÃO | Ok! Agora, quanto às liminares... Reviewed by Alessandro Teixeira on 14.5.16 Rating: 5

2 comentários:

  1. a era das trevas esta de volta .o povo que não faz nada por seu futuro e de seus filhos estara sempre fadado a ser explorado e massacrado pelas aves de rapina e lobos vestidos em pele de cordeiro, que se intitulam os salvadores da nação mas so estão ali para satisfazerem os seus sórdidos e nefastos desejos de corrupção e lascívia .

    ResponderExcluir
  2. esse e nosso brasil

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.