CABO FRIO | Programa de passagem a R$ 1,50 chega ao fim

Após comunicar que não teria acesso ao empréstimo de até R$ 200 milhões junto ao Banco do Brasil, o prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa (PP), anunciou que o Cartão Dignidade perderá a validade no dia 3 de julho, quando a Auto Viação Salineira voltará a cobrar o preço integral das passagens de ônibus. Com o fim do benefício que garante acesso aos ônibus a R$ 1,50 o usuário do transporte coletivo terá de desembolsar R$ 3,70 nas linhas municipais.

VAI DE CARRO | O Cartão do prefeito Alair Corrêa também será cancelado no próximo dia 3

Em texto publicado na tarde desta terça-feira (28), Alair Corrêa esclareceu que, como não há previsões para a liberação de recursos da antecipação dos royalties do petróleo, os cidadãos cadastrados no Cartão Dignidade perderão o “à passagem a R$ 1,50” porque “a Salineira, que esperou por meses sem receber, já comunicou que partir do dia 3 não aceitará mais o cartão”.

A Auto Viação Salineira informou que, apesar de compreender “a crise econômica que o Estado do Rio de Janeiro e o município de Cabo Frio atravessam devido à queda dos royalties do petróleo, não pode mais arcar com a falta dos repasses regulares que complementam o valor da tarifa”. 


Prefeitura já subsidiou R$ 45,5 milhões

Sem considerar os pagamentos efetuados em 2013, a Prefeitura de Cabo Frio informa no Portal da Transparência que a Auto Viação Salineira já recebeu R$ 45.498.322,86 pelo Cartão Dignidade (passagem a R$ 0,50) e pelo Cartão Dignidade Azulão (Tamoios).

Em 2014, conforme dados extraídos os processos 991 e 2.859, ambos de 2013, a Prefeitura repassou para a Salineira o total de R$ 28.119.958,80. Já em 2015 foram R$ 12.121.150,72, contra R$ 5.257.213,34 em 2016. Nestes dois últimos anos, o processo utilizado como expediente legal é o de n° 2.859/2013.


Cartão teve mais de 100 mil cadastros

Criado em novembro de 2007 pelo então prefeito Marquinho Mendes (PMDB), o Cartão Transporte Cidadão – nome original do programa – chegou a ter 105.500 exemplares emitido em 2011, quando cerca de 80% da população eram cadastrados no sistema que garantia passagem de ônibus a R$ 1,00.

De novembro de 2007 a julho de 2013, o usuário de transporte coletivo podia utilizar o cartão pagando apenas R$ 1,00 pelas passagens em ônibus de linhas municipais sem número limitado de utilização. A utilização do Cartão Transporte Cidadão foi encerrada no dia 30 de julho de 2013, quando a Prefeitura, já no governo de Alair Corrêa (PP), criou o Cartão Dignidade, que permitia ao contribuinte pagar R$ 0,50 nos ônibus que circulam dentro do município.

No dia 31 de março de 2015, Alair Corrêa divulgou, durante entrevista coletiva, que o subsídio da passagem passaria de R$ 0,50 para R$ 1,50 e que o sistema seria modificado para limitar a utilização do Cartão a duas vezes por dia. “Não são medidas simpáticas, mas necessárias”, disse o prefeito no ano passado.
CABO FRIO | Programa de passagem a R$ 1,50 chega ao fim CABO FRIO | Programa de passagem a R$ 1,50 chega ao fim Reviewed by Alessandro Teixeira on 28.6.16 Rating: 5

2 comentários:

  1. Deveria ter encerrado esse subsídio há muito tempo!
    É a República Fede Rativa do Diesel!
    Seja o próximo a comentar.

    ResponderExcluir
  2. Mais ninguém a comentar?
    Aposto se fosse: corrego rico ou outra empresa qualquer estaria cheio de comentários dos " indignados " cabofrienses pedindo transparência.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.