FINANÇAS | Cabo Frio está com R$ 15,5 milhões do FPM bloqueados

Apesar dos efeitos da crise econômica, a Prefeitura de Cabo Frio segue com recursos bloqueados por conta da falta de documentação junto à Secretaria da Receita Federal. Com o depósito efetuado na manhã desta quinta-feira, (30), chega R$ 15.443.985,55 o total retido do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor se acumula desde o dia 13 de março de 2016, quando a Prefeitura passou a integrar a lista de inadimplentes do Sistema Integrado de Administração Financeira (SIAFI). 

PROJEÇÃO | Dinheiro bloqueado do FPM daria para custear mais de 7 milhões de passagens do Cartão Dignidade

A inadimplência, segundo informações da Secretaria da Receita Federal, foi causada por falta de envio de documentos necessários para que a municipalidade tenha os recursos liberados. Com o bloqueio, a Prefeitura não pode receber alguns repasses federais, principalmente o FPM, que desde a data do bloqueio já representa mais de R$ 14 milhões aos cofres públicos.

De acordo com informações da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o volume de repasses chega R$ 4.376.399,86 em junho. Somente nesta quinta-feira foram depositados R$ 1.304.343,37. Como o prazo para a regularização e a retirada do nome da lista de inadimplentes chega a 72 horas, a Prefeitura de Cabo Frio poderá ter acesso aos valores bloqueados assim que sanar a pendência.


Valor bloqueado pagaria mais de 7 milhões de passagens do Cartão Dignidade

A Auto Viação Salineira divulgou que suspenderá o programa Cartão Dignidade, que garante o acesso aos ônibus das linhas municipais com o preço da passagem a R$ 1,50, a partir do próximo domingo (3) porque a Prefeitura deixou de honrar compromissos financeiros na ordem de R$ 6.897.000,00.

Se conseguisse ter acesso ao valor bloqueado do Fundo de Participação dos Municípios, a Prefeitura conseguiria pagar 7.019.993 passagens do Cartão Dignidade. O total de passagens correspondente à divisão do montante bloqueado do FPM dividido pelo valor subsidiado pela administração pública, que é de R$ 2,20.

FINANÇAS | Cabo Frio está com R$ 15,5 milhões do FPM bloqueados FINANÇAS | Cabo Frio está com R$ 15,5 milhões do FPM bloqueados Reviewed by Alessandro Teixeira on 30.6.16 Rating: 5

Um comentário:

  1. Alessandro ate compreendo a " adoração " que é de dar inveja ate nas verdadeiras santas cultivada por grande parte da população ( bota grande nisso!) da cidade, mas utilizar a verba bloqueados para pagar o subsídio é demais. Mesmo sendo sabedor que a prefeitura tem a obrigação de pagar a empresa. Mas são tantas as prioridades não é colega? Vamos " desfragmentar " esses milhões com mais cautela.
    Servidores públicos, prestadores de serviços que prestam serviços essenciais, etc e muitos. Poderia aqui estar citando um monte.

    Aproveita que deu um ponto final nesse ilusiorio subsídio e bota essa galera para pagar a tarifa integral, para que sinta no bolso, como essa tarifa que se " esconde " atrás da " sombra " do subsídio é cara pra caramba
    O que adianta pagar para continuar? Devido a incompetência da prefeitura e a falta de noção de muitos usuários, daqui a pouco o efeito estufa ao contrário se fará presente. Ou seja, ao invés de derreter a bola de neve, vai e aumentar. Aí, suspende de novo.

    Ah, muito legal a iniciativa da Dona Salineira em colocar o cartaz orientando sobre o vale transportes
    Mesmo assim, percebi que não foi suficiente para orientar a galera
    Que continua achando que trabalhador tem subsídio e não vale transporte. A nao ser se todo mundo é autônomo. Ou só eu tenho vale transporte?
    A Dona Salineira deveria colar um lá na Intertv, para orientar também o jornalismo da emissora.


    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.