REPERCUSSÃO | Dr. Adriano prova que não é mais funcionário do Hospital do Jardim

A nossa melhor arma para conter a ilegalidade é a transparência. A frase é do vereador Dr. Adriano Ortopedista (Rede), pré-candidato a prefeito em Cabo Frio, que na sessão desta quinta-feira (16) voltou a questionar o fato de ter seu nome entre os profissionais médicos do Hospital Geral do Jardim Esperança.

O parlamentar apresentou uma declaração expedida pelo Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura de Cabo Frio comprovando que os serviços por ele prestados junto ao Hospital do Jardim foram cessados no dia 31 de agosto de 2015, quando foi efetivada a demissão.

CADASTRADO EM MAIO | Dr. Adriano aparece na listagem dos funcionários do Hospital do Jardim Esperança

- Neste documento, fica bem claro que não faço para do quadro de funcionários do Hospital do Jardim. Como disse, cheguei até a trabalhar por um certo tempo na unidade sem ter ciência da demissão e, por isso, fiquei sem receber meu salário, comentou Dr. Adriano, no momento em que apresentava a declaração para os vereadores e para a assistência no plenário da Câmara.

TRANSPARÊNCIA | O vereador não é mais funcionário do Jardim Esperança e exige investigação
O médico diz que vai solicitar à secretaria de Saúde que atualize os dados junto ao Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) e que retire seu nome da listagem.

- Posso assegurar que não há esse número de funcionários [239 só no setor médico] naquela unidade e que eu não trabalho oficialmente lá desde agosto do ano passado. Costumo dizer que para vencer os momentos de crise nada é mais importante do que a transparência, nossa melhor arma para conter as ilegalidades. O que fizeram ao inscrever meu nome nesta listagem é uma ilegalidade e vamos apurar isso, finalizou Dr. Adriano.

REPERCUSSÃO | Dr. Adriano prova que não é mais funcionário do Hospital do Jardim REPERCUSSÃO | Dr. Adriano prova que não é mais funcionário do Hospital do Jardim Reviewed by Alessandro Teixeira on 16.6.16 Rating: 5

5 comentários:

  1. Essa declaração é a confissão de culpa de que tinha um contrato irregular. Como vereador só poderia ter mesmo apenas um vínculo: o do concurso. A Lei Orgânica do Município proíbe que um vereador tenha outro tipo de contrato com a prefeitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um " tiro " no próprio pé, Anônimo?
      Ja que: " A melhor arma para conter a ilegalidade é a transparência."

      Excluir
  2. Interessante que o nº28.549.483/0001-05 do CNPJ tem o endereço na Rua Florisbela Rosa da Penha, 292 Braga, junto à Receita Federal e não o endereço da Praça Tiradentes, portanto este documento é prova da irregularidade fazendária da Prefeitura, pois no RGI, ali é uma praça, a Praça Tiradentes, que em tempo outrora acolhia os circos e parques que vinham à cidade. Queiram, portanto, regularizar esta situação junto à Receita Federal.

    ResponderExcluir
  3. não sei nada não fiz nada tenho culpa de que

    ResponderExcluir
  4. REPITO, ESSE DR ADRIANO COMO VEREADOR E UM BOM ORTOPEDISTA

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.