SALÁRIO DOS GREVISTAS | Alair pode sofrer ação de improbidade administrativa

Depois de muita contestação dos movimentos sindicais, com direito a ocupação da secretaria municipal de Fazenda, o Ministério Público resolveu agir. A 2ª Promotoria de Tutela Coletiva de Cabo Frio fez, na tarde desta sexta-feira (24), uma recomendação à Prefeitura para que pague, sem distinção, os salários de todos os funcionários que ainda não receberam o mês de maio.

A atitude se dá em função da decisão da administração municipal, oficializada no começo da semana, de priorizar o pagamento dos servidores que não aderiram à greve da Saúde e da Educação.

RECOMENDAÇÃO | Ministério Público entende que medidas do prefeito Alair Corrêa é inconstitucional

De acordo com a promotora Vânia Cirne, a diferença no tratamento é inconstitucional e pode gerar ação de improbidade administrativa aos responsáveis.

Procurada para falar sobre o assunto, a diretora de comunicação do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe-Lagos), Denise Teixeira, disse que "o Ministério Público se posiciona no sentido de preservar as garantias constitucionais da greve";

- Na realidade, já estamos lutando tanto nas ruas quanto na Justiça para combater toda injustiça que nossos profissionais vêm sofrendo. Já havíamos feito denúncias ao Ministério Público sobre esta situação e contra o assédio que estamos sofrendo por este governo. A improbidade administrativa é um passo contra tantas ilegalidades que estamos vivenciando, finalizou Denise.
Com informações da Folha dos Lagos.


SALÁRIO DOS GREVISTAS | Alair pode sofrer ação de improbidade administrativa SALÁRIO DOS GREVISTAS | Alair pode sofrer ação de improbidade administrativa Reviewed by Alessandro Teixeira on 24.6.16 Rating: 5

Um comentário:

  1. seria um sonho tirar esse corrupto da cidade e mandar para Curitiba sem direito a visitas a e leva todos os vereadores juntos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.