POLÊMICA | Alair diz que Marquinho ofereceu recursos aos vereadores para votarem contra o empréstimo

A polêmica entrevista concedida pelo prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa (PP), ao radialista Amaury Valério (Rádio Ondas) continua repercutindo nos bastidores da política, especialmente a acusação de que o ex-prefeito e deputado federal Marquinho Mendes (PMDB) teria oferecido “recursos aos vereadores para votarem contra o empréstimo”.

ACUSAÇÃO | De acordo com o prefeito, ida de Marquinho à Câmara teria motivação não republicana

Nitidamente irritado, Alair Corrêa acrescentou que Marquinho Mendes “foi para a Câmara travestido de honesto e de correto, quando não é, para pedir aos vereadores para votarem contra o projeto”. O prefeito, ao falar do caso do empréstimo, reafirmou que o aporte de R$ 200 milhões serviria para reequilibrar as finanças e ajudar a honrar compromissos com os funcionários públicos e prestadores de serviços da Prefeitura.

Tanto o deputado federal quanto os vereadores não foram localizados para comentar o assunto até o fechamento da matéria.


Justiça proibiu Prefeitura de contrair empréstimo

Na semana passada – clique aqui para lembrar -, o Tribunal de Justiça analisou agravo de instrumento interposto pelo vereador Aquiles Barreto (SD), líder da bancada de oposição na Câmara, por Olney Vianna, presidente do Sindicaf e por Gelcimar Almeida, presidente do SindSáude, que solicitaram a suspensão dos efeitos do projeto de lei nº 016/2016, apresentado pelo prefeito Alair Corrêa (PP) ao Legislativo para solicitar empréstimo de até R$ 200 milhões junto ao Banco do Brasil. 

Ao decidir sobre a matéria, o desembargador Cláudio Brandão de Oliveira proibiu a realização da operação de crédito por entender que “há perigo de que o erário do município venha a sofrer dano grave, de difícil ou impossível reparação, caso o referido projeto de lei seja aprovado pelo Poder Legislativo”.

Ainda de acordo com o entendimento do magistrado, se aprovado o empréstimo, é “bastante improvável que ocorra o adimplemento das obrigações que o prefeito pretende contratar, o que acarretaria um maior endividamento do município, agravando a situação de suas finanças, que já se encontram fragilizadas, sendo no mínimo temerário que o chefe do Executivo venha a efetuar operações de crédito da vultosa quantia, nos meses finais para o término de seu mandato”.
POLÊMICA | Alair diz que Marquinho ofereceu recursos aos vereadores para votarem contra o empréstimo POLÊMICA | Alair diz que Marquinho ofereceu recursos aos vereadores para votarem contra o empréstimo Reviewed by Alessandro Teixeira on 7.7.16 Rating: 5

2 comentários:

  1. COISAS DE CABO FRIO!
    O que Alair e muitos de Cabo Frio falam : não se ouve e mem se digita. Sem comentários!

    Reflexão :Falar sem mostrar provas é a arma dos fracos desocupados e inconsequentes.

    ResponderExcluir
  2. Vamos recordar: O prefeito Alair eu seu primeiro mandato, há mais ou menos 30 anos, deixou a PMCF falida com 3 salários e 13º pendentes(provavelmente o que fará agora). Os professores fizeram seu enterro. O prefeito posterior, sem royalty, teve que acertar os salários dos funcionários. O prefeito posterior,também sem royalty, manteve rigorosamente em dia os salários, inclusive com aumento, além de asfaltar a estrada Cabo Frio - Búzios com dinheiro próprio, já que o deputado estadual que representava nosso Município na época, o atual prefeito, Alair Correa, conseguiu junto ao governo do Estado suspender a verba que ajudaria na obra. Aí, quem ganha as eleições seguintes? Nada mais nada menos que o Sr. Alair Correa, com o discurso de que a cidade voltaria a sorrir, já que o governo anterior só se preocupava com a EDUCAÇÃO E SAÚDE e não com circo e shows de baixo nível.Esqueceram-se os eleitores, inclusive os professores, do arrastão que ele fez no Município em seu governo. Não precisou se preocupar com salários de servidores, pois os mesmos estavam rigorosamente em dia. Aí acontece, que este sortudo passa a receber fortunas de royalty e começa a gastar desenfreadamente. Passa novamente a fornecer circo. Diz que a cidade é a mais limpa do Brasil, mal sabendo quem não o conhece os conchavos que fazia com poderosos do lixo. Governa 8 anos e diz que vai apoiar seu vice para os próximos 8 anos. Mas a gana pelo poder o faz brigar com seu vice e ele tenta retornar 4 anos depois, não conseguindo, mas volta depois de 8 anos com uma ferocidade incrível e uma sede inigualável pelo poder. Começa desmanchando obras recém inauguradas para fazer outras gastando milhões, fecha o Café do Trabalhador, faz um muro, muda o fornecedor (o sogro de sua filha)e passa a chamá-lo de lanche do operário, e assim por diante. A única coisa que ele não desfez foi manter a licitação fraudulenta do transporte público de Cabo Frio, onde a Salineira mais uma vez foi contemplada. Muito pelo contrário , a prefeitura vem brigando, através de seu corpo jurídico (advogados não concursados)junto com a empresa, contra ação popular que mostra tal fraude. Por fim após a queda dos royaltys (não o término)este mesmo prefeito vem falar em município falido. O resto da história é tão recente que espero que os desmemoriados não esqueçam rapidamente. O povo está triste sem perspectivas, não sabe se vai votar realmente a sorrir, com saúde, educação, transporte de qualidade e atrações que realmente enriqueçam nossa tão amada cidade.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.